Você está aqui: Página Inicial > Editorias > Voz do cidadão > Rascunho para DIRPF 2017 estará disponível a partir de maio

Notícias

Rascunho para DIRPF 2017 estará disponível a partir de maio

O aplicativo possibilita ao cidadão informar os fatos ocorridos durante o ano de 2016

Por Kécia Pereira

rascunho_IR2

Durante os meses de fevereiro e março a Ouvidoria-Geral do Ministério da Fazenda perguntou aos usuários do portal “Você já usou o Rascunho de Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF)?” A pesquisa apontou que 25% dos declarantes usaram e avaliaram o aplicativo de forma positiva, no entanto, 75% não usaram nem sabiam como funcionava.

De uso facultativo, a ferramenta permite fazer um esboço da declaração a ser entregue em 2017. Nele, podem ser registradas informações sobre fatos que aconteceram de janeiro até o último dia de dezembro deste ano.  No período de declaração, o software fica inativo e no dia 4 de maio retorna a receber dados dos declarantes. Segundo dados da Receita Federal, no primeiro ano quase 30 mil cidadãos usaram o Rascunho e em 2015 esse número ultrapassou a marca dos 40 mil usuários.

O supervisor-nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, afirma que o programa foi desenvolvido para os contribuintes que gostam de adiantar o registro de informações para a DIRPF e deixar os arquivos salvos para ter mais facilidade ao elaborar a declaração. Segundo ele, com o Rascunho, a Receita Federal auxilia os contribuintes que são mais organizados.

Saiba mais sobre o Rascunho